21 dezembro 2007

Cinza Luz

Amo quando as pessoas falam comigo
E é tão estranho
Porque é uma coisa rara
As pessoas não costumam falar comigo.

Agora sinto-me mal
E não tenho amigos.

Agora vejo as estrelas dentro do meu quarto
E agora ardo na minha cama
Sou cinza.

Amo quando ele me esquece
E é tão estranho
Porque é uma coisa normal
As pessoas costumam esquecer-me.

Ele pensa que sou louca, mais do que ele
Eu acho que ele ama, mais do que eu.

1 comentário:

Kitgum disse...

Acho que te esqueço...sei que tás lá...escondida no teu refúgio...transmites segurança...esboças um sorriso e prossegues com a tua vida. Não deixes que te esqueçam...faz o que for preciso.